Categorias
Todo dentista já foi criança

Todo Dentista Já foi Criança

Qual o céu que não tem estrelas?

Eu sempre dormi muito pouco, desde novinho. E confesso que dei um certo trabalhinho para os meus pais, devido a essa constante falta de sono.
Então, para deixar meus pais dormirem um pouquinho, a minha querida avó ficava acordada comigo. Lembro-me que por diversas vezes fomos para o alpendre… ficávamos admirando o céu estrelado.

Minha avó mostrou-me o Cruzeiro do Sul, as Três Marias e a Estrela d’Alva e me contou como os antigos se guiavam pelas estrelas. Em uma noite de vigília, ela me contou a história dos três Reis Magos, que guiados por uma gigantesca estrela, chegaram à manjedoura do Menino Jesus. Hoje, acho que não dormia para ficar, na verdade, ouvindo as histórias e vendo as estrelas.

Certa noite, ela me perguntou:
– Qual céu que não tem estrelas?

Rapidamente, respondi:
– O céu do dia.

– Não! O céu da boca! Respondeu minha avó, já abrindo a boca e me mostrando que não tinha estrelas.

Depois, ela me jurou que de dia as estrelas continuavam lá no céu, só que a gente não via devido a forte luz do sol, que escondia o brilhinho das estrelas. Talvez, aqui, secretamente, olhando o céu da boca da minha avó, o destino tenha me marcado para virar dentista anos depois…

Dr. Leonardo Augusto é Ortodontista, o dentista que corrige a posição dos dentes. Mora em Belo Horizonte e trabalha na cidade Betim, em Minas Gerais. Seu time de coração é o Cruzeiro. Ele também gosta muito de ler e de acompanhar as novidades sobre tecnologia.

Blog do Leonardo: http://www.ortoblog.com/
Quer seguir A Boca Mágica no twitter? Clique aqui

Categorias
Uncategorized

A sua boca aqui no blog. Compartilhe o seu conhecimento.

A partir de agora o blog contará com “A Sua Boca no Blog“, um espaço para o leitor participar com suas opiniões, sugestões de post, histórias, “causos”, indicações de reportagens, atividades pedagógicas, indicação de eventos culturais nas escolas, etc. O foco é o universo infantil nas área de: saúde, educação e cultura. Basta deixar o seu comentário aqui. Participe!

Categorias
Uncategorized

A Boca Mágica no II Encontro de Literatura Infanto-Juvenil do Anhembi Tênis Clube

Dia 17 de outubro participarei do II Encontro de Literatura Infanto-Juvenil. Lá, conversarei com leitores e autografarei exemplares. Em breve confirmarei se haverá contação de história abordando o livro A Boca Mágica.
O evento contará com apresentações, exposições e oficinas culturais. A ilustradora Luna apresentará seus originais e fará uma oficina de massinha. Já a musicista e artista plástica Cláudia Benson contará histórias e apresentará bonecos feitos artesanalmente com lã de carneiro.

Data: 17 de outubro / domingo
Horário: 15:00h às 18:00h.
Local: Anhembi Tênis Clube
Rua Alexandre Herculano, 02
Alto de Pinheiros – São Paulo – SP
Próximo à praça Panamericana.

Categorias
Todo dentista já foi criança

Todo Dentista Já foi Criança

“O tio dentista também já foi criança!

Uma história bem bacana da minha infância é justamente sobre a minha escolha profissional. Sabe aquela pergunta clássica “O que você vai ser quando crescer?” Então, enquanto muitos garotos queriam ser jogadores de futebol, pilotos de fórmula 1, astronautas ou coisas assim, eu queria ser… lixeiro! Isso mesmo!

Achava o máximo ver os garis andando pela cidade pendurados no parachoques do caminhão de lixo. Pensava que aquilo devia ser super divertido, trabalhar passeando pela cidade, recolhendo o lixo…

Lembro-me que ia ao supermercado com meu pai, adivinha pra quê? Andar em pé no carrinho (pelo lado de fora, claro), me imaginando no caminhão de lixo!

Confesso que a odontologia não era minha primeira escolha profissional. Mas acredito que um fato ajudou na tomada de decisão: perdi minha mãe muito cedo (com 14 anos) e ela sempre dizia que sonhava em ter um filho “doutor” e falava que eu seria dentista. Se fiz o certo, não sei, mas um dos motivos que me fizeram escolher a odontologia foi o fato de, dessa forma, poder prestar uma homenagem a ela.

Obrigado pelo convite para estrear este novo espaço do “A boca mágica”! Fiquei muito feliz e lisonjeado!”

O Gustavo é odontopediatra, o dentista que cuida da saúde bucal das crianças. Ele mora na cidade de Goiânia. Torce para o time do Atlético Goianiense. E nas horas vagas adora tocar violão.

Blog do Tio dentista: http://www.tiodentista.com.br/

Siga A Boca Mágica no Twitter 

Categorias
Entrevistas de Lico

As bocas gambás ou o mau hálito

As bocas-gambás ou o mau hálito
Hoje vou entrevistar a Dra. Paula Rollemberg. Ela é dentista, especialista em halitose. Halitose? Isso mesmo, halitose. Também conhecida como bafo de onça, boca de gambá, mau hálito, entre outros nomes. Vamos descobrir como esse cheiro horrível aparece na boca. O que ela causa e como podemos tratá-la. E melhor, vamos aprender com a Dra., como evitar que o gambá pule dentro da nossa boca e resolva morar lá para sempre.

Categorias
Entrevistas com o autor

Entrevista ao Jornal Odonto

Obrigado a jornalista Sônia Matias. Para ler a entrevista clique aqui

Categorias
Notícias do livro

Caixa de Mensagens

Categorias
Notícias

Erosão dentária aumenta entre crianças de 3 a 4 anos

Agência USP
A erosão dentária causada por ácidos gástricos ou presentes na dieta já atinge metade das crianças em idade pré-escolar, revela pesquisa da Faculdade de Odontologia (FO) da USP. O estudo da dentista Christiana Murakami aponta um maior número de casos de erosão entre crianças com refluxo gastroesofágico e a ingestão frequente de sucos ácidos e refrigerantes como indicador de risco para a doença.


A pesquisa foi realizada com 967 crianças entre 3 e 4 anos, com a dentição decídua (não definitiva, conhecida como “dentes de leite”) completa, na cidade de Diadema (Grande São Paulo). “Em 51,6% dos participantes do estudo já havia desgaste patológico por erosão, sendo que a maioria das lesões erosivas encontrava-se em estágio inicial, acometendo o esmalte dos dentes”, conta a dentista. “Trata-se de um número alarmante, devido a pouca idade das crianças”.
De acordo com Christiana, a erosão dentária ainda é pouco conhecida no Brasil. “Muitos dentistas não sabem o diagnóstico preciso e o tratamento correto”, aponta. “A ocorrência de erosão tem aumentado entre crianças e jovens, inclusive em idade pré-escolar, associada à mudança de hábitos alimentares e a maior freqüência de distúrbios gastrointestinais”.
Por meio de entrevistas com os pais, foram verificadas os principais fatores associados à ocorrência de erosão. “Entre os fatores intrínsecos, verificou-se maior número de casos quando há refluxo gastroesofágico frequente relatado”, afirma a dentista. “Basta o refluxo chegar ao esôfago para alterar o pH salivar e a acidez afetar os dentes”.

Ácidos
Os principais fatores extrínsecos associados à erosão identificados pela pesquisa estão relacionados com a dieta. “O consumo de refrigerantes mais de duas vezes ao dia e o consumo de sucos ácidos nos dois dias anteriores ao levantamento mostram-se indicadores de risco da doença”, aponta Christiana. “Até mesmo um suco de frutas naturais, espremidas na hora, expõe os dentes aos malefícios dos ácidos”. O estudo faz parte da dissertação de mestrado da dentista, defendida no último mês de dezembro e orientada pelo professor Marcelo José Strazzeri Bönecker, da FO.
Os sucos industrializados, muito consumidos pelos pré-escolares, apresentam maiores riscos, pois também possuem ácidos que são adicionados durante a elaboração do produto. “Muitos pais sabem que os refrigerantes fazem mal para os dentes por causa do açúcar que causa a cárie, mas desconhecem os malefícios ácidos contidos nos mesmos e nos sucos artificiais como os de caixinha, em pó ou concentrados”, ressalta a dentista. “Uma das medidas de prevenção indicadas é restringir o consumo de bebidas ácidas e, quando for consumi-las, preferir bebidas geladas e ingeri-las com o uso correto de um canudo, posicionado na língua e não a frente dos dentes”.
Para a pesquisadora, os resultados da pesquisa reforçam a necessidade do diagnóstico precoce na prevenção da doença. “Como a erosão é um processo cumulativo, se for detectado desgaste patológico, é possível alertar pais e educadores sobre os riscos dos ácidos, especialmente aqueles presentes na dieta das crianças”, afirma.
Entre as providências que podem ser tomadas, a dentista recomenda que as crianças não escovem os dentes imediatamente após a ingestão de sucos ácidos e refrigerantes, e em caso de vômito. “Como os ácidos ainda estão em contato com os dentes, amolecendo o seu esmalte, o uso da escova provocará abrasão e desgastará ainda mais o esmalte”, diz. “O ideal é esperar ao menos dez minutos e fazer um bochecho com água ou enxaguatório bucal neutro antes da escovação”.

Siga-me no twitter: A_boca_Magica

Categorias
Notícias do livro

A Boca Mágica é notícia na Associação Brasileira de Odontopediatria

Obrigado ao Dr. Paulo Rédua. Para visitar o site clique aqui

Siga-me no twitter: A_Boca_Magica

Categorias
Entrevistas com o autor

Entrevista para a Dental Press

Obrigado à jornalista Renata Mastromauro. Para ler a entrevista clique aqui.

Categorias
Notícias do livro

Já tem gente se preparando para ir na Bienal no dia 22

Os ilustres personagens da foto já estão quase prontos para se apresentar na Bienal do livro. Lico, os Três Dentes Magos e Ácido X serão dirigidos por Daniela Hengler e Naara Costa, numa contação de história muito especial. Será dia 22 de agosto, às 12:00h, no estande 42, na Rua N. Apareça por lá!

Categorias
Uncategorized

Sorteio de um exemplar autografado no Twitter. Participe!

Para participar basta me seguir @a_boca_magica e dar um RT na mensagem do sorteio, com o link inteiro. (Para acessar a mensagem torne-se meu seguidor e depois acesse http://twitter.com/A_Boca_Magica) O sorteio será realizado através do Sorteie.me. O resultado sai no dia 16/08. Informo quem foi o(a) ganhador(a) aqui no blog. Participe! Além de concorrer você está divulgando informações sobre saúde bucal infantil.

16 de agosto – Resultado do sorteio
A ganhadora foi @promonautta.
Obs: O primeiro sorteado foi @raflorencio, (http://sorteie.me/P1R) mas apesar de ter retuitado a mensagem, ele não estava entre os meus seguidores, isso era umas das premissas, seguir-me e retuitar a mensagem. Por isso fiz novo sorteio onde a @promonautta ganhou. (http://sorteie.me/P23)

Por inexperiência em sorteios no twitter, não percebi a entrada de perfis “de concurso”, pessoas que entram apenas para participar de sorteios. Achei que não foi justo com quem tinha realmente interesse em saúde bucal e literatura infantil. Por isso realizarei outro sorteio no twitter, apenas com os meus seguidores. Os perfis especializados em sorteios ficarão de fora. 

Obs2: A promonautta receberá o livro.

Siga-me no Twitter: a_boca_magica