A Boca do bicho e a higiene bucal infantil

No último domingo fui pela primeira vez ao zoológico. Achei estranho ver aqueles animais em espaços tão pequenos. No documentário da TV eles estavam livres, não havia cercas e nem grades. Perguntei-me se estariam felizes com a nossa presença, observando-os como ursos de pelúcia na vitrine. Minha mãe estava. E imaginava que eu também. Não quis chateá-la.

Seguimos andando. Do segundo animal em diante acabei capturado pela minha obsessão: as bocas. Comecei a reparar como eram os dentes de cada um deles. Eram muito diferentes. O hipopótamo, por exemplo, tinha um dente gigante. Devia ter uns 30 cm de altura. Isso mesmo, 30 cm de altura! Imagine o tamanho da escova? O jacaré tinha dentes menores, mas em sua boca cabiam muitos dentes, mais de 70. Fui anotando e desenhando tudo.

Escutei um guia dizendo que o formato dos dentes varia de acordo com a alimentação que cada bicho come. Disse também que eles podem ter os dentes todos iguais, como os do golfinho ou podem ser diferentes, como os do leão. Podem ter uma fileira só, caso dos cachorros, ou duas fileiras de dentes, iguais aos dos tubarões.

A tigresa Jade tratando dos dentinhos, ou melhor, dos dentões

Fiquei sabendo que existe até um dentista especializado na saúde bucal dos bichos. Contaram pra gente sobre o tratamento dos dentes da Jade, uma tigresa de quase 200 kg. E se o bicho acorda?

Aprendi muitas coisas só observando a boca dos bichos. Vou pesquisar mais sobre o assunto e compartilhar com vocês aqui no blog. A coluna vai se chamar: Na boca do bicho. Você pode participar dando sugestões e fazendo comentários.

Quando estávamos saindo do zoológico percebi uma grande confusão na portaria. Um senhor de óculos, um pouco calvo, esbravejava. Em português de Portugal, ele discursava aos que saiam do parque. Eu não entendia o que ele dizia, mas pude ler a placa que carregava: “Pudesse eu fecharia todos os zoológicos do mundo”.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente as novidades do blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.